Na celebração do Dia Internacional da Conscientização sobre o Ruído, o Monumento às Bandeiras, no Ibirapuera amanheceu com protetores auditivos. Como médico tenho consciência que a poluição sonora é um problema de saúde pública e é muito sério.

A ação tem como objetivo conscientizar a população sobre o ruído e seus efeitos maléficos na saúde, qualidade de vida e meio ambiente. Bares devem ser fiscalizados e pancadões devem ser evitados porque são realizados em locais públicos e inapropriados produzindo muito barulho. Fico feliz pela atitude da prefeitura, de otimizar a fiscalização da lei que fiz quando era vereador, que fecha os bares a 1 hora da manhã.

A lei não impede nenhum estabelecimento de funcionar, ela só exige que os vizinhos sejam respeitados, pois temos uma população trabalhadora que quer dormir para trabalhar, estudar e levar este país pra frente. E agora os agentes estão autorizados até a fechar bares e apreender carros e equipamentos de som ligados na via pública para promoção de pancadões.