Jooji Hato cumpre seu nono mandato consecutivo na vida pública.

Foi por sete vezes seguidas Vereador da Cidade de São Paulo, em 2010 Jooji foi eleito Deputado Estadual, reeleito em 2014, cumpre seu segundo mandato no cargo.

Médico formado na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, com curso de pós-graduação nas especialidades de Cirurgia Geral e Cirurgia Pediátrica.

Professor de Ciências Físicas, Químicas e Biológicas ministrou aulas na rede de ensino oficial do Estado.

Foi em 1982 que Jooji tornou-se vereador pela primeira vez, com aproximadamente 60 mil votos.

Em 1988 foi eleito na capital como o segundo vereador mais votado e em 1996 como o primeiro mais votado pelo PMDB

Candidato ao Senado por São Paulo, em 1998, alcançou 300 mil votos.

Atua como membro da Executiva Estadual do PMDB.

Foi presidente de Honra da Associação das Vítimas da Bomba Atômica, órgão reconhecido pelo Ministério do Japão.

Membro do Conselho Mundial da Paz (entidade pertencente à ONU).

Por cinco vezes foi eleito para a Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Paulo, três delas como Vice-Presidente.

Ocupou por várias vezes a Liderança do PMDB na Câmara Municipal de São Paulo.

Jooji Hato tem elaborado Projetos de lei da mais alta significância para o Estado de São Paulo e sua população, atuando principalmente nas áreas de segurança, saúde e educação.

Suas leis organizam e ordenam a sociedade, promovem a ordem pública e resgatam a qualidade de vida.

Como Vereador, aprovou, entre outras, a Lei Seca – conhecida também como a Lei do Silêncio, que regulamenta o horário de funcionamento dos bares durante a madrugada, controlando a ingestão de bebidas alcoólicas, diminuindo os índices de violência e promovendo a agregação familiar.

É também autor do Projeto de Lei que proíbe o tráfego de motocicletas com garupas nos dias úteis da semana.

Recentemente aprovou a lei que obriga a instalação de câmeras em locais violentos, para combater e ajudar na solução dos crimes.

Graças ao seu trabalho e fidelidade às bases, Jooji Hato vem sendo reconduzido a cargos públicos eletivos com expressivo apoio popular.