Segurança pública

Como vereador, jooji hato apresentou o projeto da Lei Seca ou Lei do Silêncio, que contribuiu com a redução dos homicídios
em São Paulo

Seu olhar de médico faz Jooji encarar a segurança pública, em muitos aspectos, como um problema de saúde. Em primeiro lugar, porque a sensação de insegurança vivida pelos brasileiros e, em especial, pelos paulistas, afeta a qualidade de vida e o bem-estar, trazendo transtornos psicológicos sérios como, por exemplo, fobias e a temida síndrome do pânico. Depois, porque a violência física igualmente tem impacto na saúde pública.

Como vereador, Jooji apresentou o projeto da Lei Seca ou Lei do Silêncio, que disciplinou o funcionamento dos bares durante a madrugada. A lei prevê que só funcionem após este horário os bares que têm isolamento acústico e estacionamento.

Sancionada em 1999, esta lei tem três objetivos: prevenir acidentes, reduzir casos de violência e garantir o silêncio no entorno – o estresse provocado antes da lei afetava a saúde dos vizinhos dos bares.

É bom lembrar que os bares são locais onde as pessoas, após embriagadas, iniciam discussões que terminam em brigas e, em muitas vezes, em homicídios. Também são pontos de consumo de álcool, que é a causa de cerca de 21% dos acidentes de trânsito.

A lei contribuiu com a redução dos homicídios em São Paulo.  A década de 1990 foi marcada pelo grande número de mortes. A taxa de mortalidade por assassinatos na capital era de 49,08 óbitos por 100 mil habitantes. Hoje, conforme dados divulgados em junho de 2018, é de 6,36 por 100 mil, a mais baixa no país.

Na Assembleia, Jooji foi um dos principais articuladores para a aprovação da Lei dos Desmanches, que resultou numa queda muito expressiva no roubo e furto de veículos.

Fique por dentro!
Seja muito bem-vindo. Este é o nosso WhatsApp.

Adicione o Jooji no seu WhatsApp e mande um “olá”!